Punta: carros antigos e dicas de viagem

Jipe Off road Fiat Campagnola Punta del Este

Encontrei esta raridade passeando pelas ruas de Punta del Este.

Descobri que o Uruguai é um paraíso para quem é apaixonado por carros. É possível encontrar uma linha completa de modelos da Suzuki e da Hyundai, por exemplo, ou modelos que ficaram esquecidos aqui, como a nova geração do Renault Clio europeu. Isso sem falar nas marcas de luxo ou da invasão chinesa por lá! Mas, o que me chamou atenção mesmo foram os automóveis antigos. Uma infinidade rodando nas ruas, esbanjando charme e autenticidade. No caso de Punta del Este, onde estivemos, os conversíveis da Alfa Romeo e Mercedes-Benz eram como chuchu na cerca – aos montes :-)

Apesar dos vários Citroën Méhari (jipinhos que lembram o nosso Gurgel) carregando famílias indo e vindo pelas praias, achei uma raridade daquelas! Quem aí sabia que a Fiat já produziu de 1951 à 1978, na Itália, um jipe chamado Fiat Campagnola (ou Zastava na Iugoslávia), desenvolvido para concorrer com Jeep (hoje pertencente a montadora italiana), Land Rover e Land Cruises? Este foi o primeiro off-road da Fiat!

Jipe Fiat Campagnola

Traseira do jipinho Campagnola, produzido pela Fiat no passado.

Segundo dados históricos que encontrei na internet, o modelo nunca foi um sucesso a ponto de extravasar as fronteiras da Europa. Desde 1974 as produções foram dedicadas às forças armadas e já houve até um exemplar oferecido como Papa Móvel. Em Punta encontrei este exemplar, todo restaurado em estilo militar e que deve datar das primeiras décadas de produção.

Sobre Punta del Este…

Aqui algumas fotos dos cartões postais para inspirar você. É um lugar surpreendente pela atmosfera de cuidado, limpeza e segurança. Tudo parece feito para estar nos seus devidos lugares. Imponente das mansões a beira mar sem muros, grades e câmeras. Famílias de uruguaios, argentinos e gaúchos curtindo as praias sossegadas. As ruas limpas, sem pedintes, todas floridas. Enfim, vale aventurar-se!

Museu e Atelier Casapueblo.

Belíssima história e obra – Museu e Atelier Casapueblo.

Escultura Los Dedos, no posto 1 da Playa Brava.

Escultura Los Dedos, no posto 1 da Playa Brava.

Pôr do sol na orla da Playa Mansa em Punta.

Pôr do sol na orla da Playa Mansa em Punta.

Orla de Punta del Este

Punta del Este no calor do verão e longe do agito de Carnaval.

Algumas dicas:

#1 Se for na temporada de verão, aproveite os voos diretos da Latam e da Azul para Punta (aeroporto de Maldonado) – pertíssimo e super comodo!

#2 Alugue um carro antes de sair do Brasil. Li muito e realmente táxis são escassos fora da Península e é um lugar super fácil de se dirigir.

#3 No meio do dia o sol é potente ;) Prefira um hotel com piscina para você relaxar ou se divertir com a família.

#4 Comer não é tão barato. Se você não exagerar nos drinks e bebidas alcoólicas, é preço de São Paulo. O El Secreto e o Guappa tem esplanadas no deck à beira mar, valem a pena!

#5 Medialunas Calentitas. Não esqueça este nome <3 Vá até La Barra e experimente. É de lamber os dedos!

#6 Se você estiver hospedado na Península, é fácil caminhar por algumas atrações como o Porto, a orla da Playa Mansa ou ver Los Dedos no posto 1 da Playa Brava.

#7 Todos os lugares sugerem visitar a Casapueblo (museu e atelier do falecido artista plástico Carlos Páez Vilaró), ao fim do dia. Impossível, é um exército de turistas por passagens estreitas e se aglomerando. Fomos de manhã logo que abriu e não nos arrependemos.

#8 Vá para La Barra, o comércio, os beach clubs, tudo é um charme!

#9 Os beach clubs na Playa Brava também tem infraestrutura completa para você curtir um dia de sol.

#10 Punta acorda tarde! A cidade de manhã pode ser toda sua. Ao cair da tarde as ruas começam a ferver e a noite estão todas engarrafadas (normal para Paulistas).

#11 A hotelaria não é barata, mas tem opções à altura do lugar – o famoso Conrad (o do cassino), o Fasano Las Piedras, o histórico L’Auberge, perto de La Barra. Atualmente o The Grand Hotel é o mais novo cinco estrelas da cidade.

Se você quer todas as pedidas de Punta, faça como eu, estude os guias completos dos amigos do Melhores Destinos e do Viaje na Viagem!

É isso. Posso dizer que fiquei com vontade de voltar e fazer uma tour de Gramado até lá de carro – serra e mar que combinam #FicaaDica ;-)

Fotos: Porta-Luva.com | Fonte: Fiat Campagnola/Wikipédia

PG

Author: PG

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *