Quem define a compra do carro novo: você ou sua mulher? E a indústria, está preparada?

Guia de Manutenção Fácil da Ford

Guia de Manutenção Fácil da Ford, encartado na revista Cláudia

Você é adepto do “sim senhora”, “não senhora”? Na hora de comprar o carro novo, quem dá o veredito final? Bem, você pode até dizer que decide, mas ao menos aceite a tese que elas influenciam – seja ela mãe, esposa, namorada ou até mesmo uma amiga.

As mulheres estão cada vez mais ativas no papel de decisoras e compradoras neste nosso mundo contemporâneo. Já é hora de sair do quadrado. Elas estão atentas ao design, ao conforto e à segurança. Quem não se lembra do sucesso que fez o Volkswagen New Beatle, que tinha até um solitário para flor no painel? E o Volvo C30, que foi todo projetado por designers femininas? E se falarmos da preferência pelo tamanho do carro? Ou são os compactos, mais práticos ou os SUV’s, grandes e aaaaltos!

Será que as montadoras pensam nelas? As concessionárias pensam nelas? A equipe de vendedore(a)s pensam nelas? Não se trata de ter uma parede rosa na loja, um volante de oncinha ou uma poltrona colorida na espera. É a forma de agir e apresentar o produto/serviço, além é claro, de observar o que as tocam mais. A indústria automobilística ainda pensa quase que exclusivamente no sexo masculino.

Um exemplo de mudança que vi a pouco mais de um mês e achei muito bem pensado, foi um “Guia Fácil de Manutenção”, feito pela agência JWT para a Ford, com 16 páginas e que estava encartado na revista feminina Cláudia, da editora Abril. A idéia com certeza não era tornar ninguém PhD em mecânica, mas tinha dicas de conservação, algumas explicações e cuidados em geral. É por aí este novo caminho.

Voltando à primeira parte do título, que é engraçado ir a uma concessionária acompanhado é! Minha esposa pela sua estatura gosta de carro alto (ela assume seu complexo), o nome do carro para ela diz muito! adora o Santa Fé! (não, não tenho um), não gosta dos cromados (agora imagine um de luxo sem os cromados – efeito “nobreza”). Carro para ela tem que esticar na estrada, ter torque em ultrapassagem… não ter limpador traseiro é um insulto e claro, prefere as vendedoras.

Agora o mais engraçado, perguntei se ela queria ir no evento Quatro Rodas Experiece deste ano para fazer algum test-drive. Sabe o que ela me disse que escolheria? Um Bentley Continental! Como diz o ditado popular, ainda bem que Deus não dá asas….

E você, concorda? Tem alguma história pra contar?

PS: Tem muita mulher por aí dirigindo muito melhor que marmanjo, e não é só em carro. É moto, ônibus e até avião!

PG

Author: PG

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *