Os pôneis malditos da Nissan venderam bem. A criatividade idem.

Estava aguardando ansiosamente a publicação dos resultados de emplacamentos de véiculos do mês de agosto para publicar este post sobre a campanha publicitária dos “Pôneis malditos” da Nissan Frontier, elaborada pela agência LewLara’TBWA. Pronto, chegaram hoje! Foram mais 110% em vendas da pick-up, ou seja, 1488 carros no total e um aumento de faturamento (simulado) da ordem dos R$ 64 milhões por baixo em uma conta simples (valor de entrada do carro R$ 84.990 – segundo site da marca). E mais, a marca teve um aumento total no mês de agosto de 81% frente ao mesmo período de 2010. O ROI (return on investment) com certeza foi digno de MasterCard, priceless.

O que isto representa? Criatividade vende. Digital pode (e é) o caminho da inovação no mundo da comunicação e do marketing.

Ouvi de um amigo do meio automobilístico a seguinte consideração: “se você puser um carro prata brilhando em uma estrada deserta e paradisíaca, pronto, esta feito um comercial de carro”. Sair do quadrado é sempre um desafio.

O que a Nissan tem? Carros com boa relação custo x benefício, bem equipados e fabricados no Paraná. E como competir com gigantes tradicionais? A estratégia de marketing de guerrilha que a montadora japonesa adotou já foi muito questionada, incomodou bastante a concorrência, mas nesta campanha encontrou o acerto perfeito. Qual era o objetivo? Fazer a marca ser lembrada pelo consumidor na hora da compra de um carro novo e claro encaminhá-la ao target de 3% do share nacional em 2012 (hoje 1,8%). Também tem outro ponto nesta história de contos infantis. Posicionar a marca no share of mind também num preparativo para a chegada do popular March agora em outubro. Funcionou. Criou um buzz recorde na internet brasileira (com certeza inesperado até mesmo para eles). Prêmios de Trend Topic no Twitter. 12,4 milhões de exibições no YouTube. A página da japonesa no Facebook foi a mais de 75 mil fãs. Case do ano.

Ao que tudo indica só falta a Nissan mais distribuição para poder chegar lá e fazer bonito neste momento em que as chinesas estão atacando pesado.

Reveja o vídeo da campanha “Pôneis Malditos”

Sobre a Nissan – clique aqui.

PG

Author: PG

Share This Post On

1 Comment

  1. Filme nota 10…só podia gerar o resultado que gerou. A propósito, o ponto forte da Nissan sempre foram os motores. Quando Carlos Ghosn foi indicado pela Renault para a presidência, ele constatou que os motores eram excelentes, e investiu pesado em design e focou forte no mercado americano onde o recall da marca já era bom, e deu MUITO certo…o Altima e um sucesso de vendas e outros modelos também vendem bem…ou seja, alem da criatividade, a Nissan tem o que mostrar quando se fala de cavalaria.

    Post a Reply

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *