A propaganda do Nissan March e meu barbeiro

Qualquer publicitário quando faz o planejamento de uma campanha pensa no público-alvo do produto a fim de criar sua estratégia de promoção nos diveros meios e canais de comunicação. Acontece que é engraçado vermos no cotidiano o impacto destas ações em um target fora do alvo, que nem long tail poderia ser considerado, mas que recebeu a mensagem pelas mídias de massa.

Desde que vim morar em São Paulo, corto meu cabelo em uma barbearia do Jardins com o Sr. João – um senhorzinho muito simpático que deve ter seus 80 e lá vai fumaça. Ele ainda faz seu trabalho artesanalmente (todo) na tesoura, nada de máquinas elétricas.

Chegando lá na semana passada, durante o corte de meu cabelo, na hora do almoço, a tv estava ligada e eis que passou o comercial do novo Nissan March que usa a imagem do brinquedo “Senhor Batata” para mostrar em trocadilhos o caráter de novidade do carro popular japonês quando comparado a outros modelos 1.0 que são só retocados. Pronto! Toda a barbearia parou para me dizer que aquele era o comercial predileto do Sr. João, que também deixou a tesoura de lado para se encarregar de repetir as falas da propaganda para mim.

A partir daí vem as conclusões da vida: Sr. João não dirige mais, não tem carteira (carta) de motorista, ficou de fora do público-alvo da ação, mas com todo seu jeito cordial, se tornou um refletor da campanha.

O novo Nissan March é tido como o primeiro carro polular 1.0 japonês do Brasil, com preços a partir de R$ 27.990,00.

Campanha da LewLara’TBWA

PG

Author: PG

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *