Venda de carros em novembro: agito no mercado automobilístico

Compartilho aqui uma visão mais ponto-a-ponto do que o balanço de vendas de carros de novembro, apurado pela FENABRAVE (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotivos) quer dizer. É bacana você estar antenado e tirar proveito na hora de vender, comprar ou negociar seu veículo. O resumo desta história é o seguinte:

> A Fiat continua líder de mercado e deve fortalecer a posição com a chegada do novo Palio.
> Aliás, o Palio deve ultrapassar o VW Fox já nos próximos meses.
> A VW deve tentar dar um gás no Gol com um facelift na dianteira. A dupla novo Uno e Palio vai incomodar.
> A Renault, assim como a Nissan, seguem crescendo a passos largos.
> O novo Renault Sandero está colado no Ford Fiesta, este com visual já bem cansado. O New Fiesta se fosse mais acessível venderia mais e ajudaria a marca… vamos ter que aguardar a produção nacional prevista para 2013.
> O SUV Duster, também da Renault, foi um fenômeno. Deixou a EcoSport e o Hyundai Tucson a ver navios. A sobrevida da Tucson vai ficar complicada (no mundo inteiro ela já é ix35 e não existe mais)!
> A nova EcoSport chega no primeiro trimestre de 2012, mas já vai ter perdido um belo espaço de mercado, além é claro a melhor época de vendas! Erro de timing a meu ver.
> A Renault mira na Ford, questão de tempo…
> Outro carro que surpreende é a SW Renault Megane Grand Tour. Carro de luxo a preço de perua média. Está vendendo como água e ameaça as rivais VW SpaceFox e Fiat Palio Weekend, que só terá nova versão entre 2013-2014. Tem muito pouca opção neste nicho. Sobra sedan, falta SW.
> A Nissan é outra que vai fiel ao seu objetivo: aumentar participação de mercado. O March em 1 mês de vida e muito menos concessionárias, vendeu metade do total de Ford Ka. A minivan Livina já vende mais que Honda Fit. Aguardaremos os primeiros números do sedan Versa, que deve incomodar o Renault Logan, VW Voyage e Fiat Siena.
> A Nissan foi catapultada a sexta posição no market share de novembro!
> A Chevrolet, de todas, acredito que seja a que mais corre contra o relógio com seus lançamentos.. O Cruze já vendeu mais que Honda Civic! Mas a chegada do novo Honda é aguardada ansiosamente..
> O novo sedan Cobalt da GM também é uma promessa, vamos ver em breve a disputa com o Versa.
> As francesas Peugeot e Citroen seguem perdendo espaço nos modelos de entrada, desatualizados e batidos. Já o novo Peugeot 408 nem aparece entre os 50 carros mais vendidos.
> Ambas também já se mexem… o Peugeot 208 deve ser produzido aqui em 2013.
> E o Hyundai Veloster? Mesmo com seu motor polêmico, vendeu a metade do total do hatch i30.
> Enquanto isto a venda de importados cai e os modelos encarecem. Conclusão: ou reduzem as margens de lucro ou pode ficar pior. A revisão definitiva do IPI acontece em 16 de dezembro e parece sem volta, apesar dos apelos das importadoras.

E assim caminha esta indústria. Fique de olho, nunca houve tanta dança das cadeiras, tantos lançamentos e ofertas. E ainda vem muuuito mais em 2012…
Se o IPI não tivesse subido, a briga ainda seria mais bonita para nós, consumidores.

Confira a tabela completa de novembro:

Tabela Fenabrave Novembro

Ranking de venda de veículos de Novembro, fonte Fenabrave

Serviço: www.fenabrave.com.br

PG

Author: PG

Share This Post On

1 Comment

  1. A “briga” está ótima e o grande beneficiário, é o consumidor.
    A questão chave, no entanto, não está explicada no ranking de vendas “por unidade”: – tem duas variáveis importantíssimas que não aparecem: valor agregado por unidade vendida, e rentabilidade por unidade vendida…pelas informações, poucas e imprecisas, que circulam sobre isto, o ranking poderia ser diferente.
    Qual a estratégia de cada montadora?
    – quem está “pagando” para ganhar espaço no mercado (e, claro, depois, ganhar dinheiro com escala)?
    – quem está, de fato, ganhando dinheiro e remunerando o investimento feito pelos acionistas?
    – quem quer ganhar com volumes altos (massificação de produtos de baixo valor agregado) e quem quer ganhar mais por carro vendido?

    Com a situação complicada na Europa, e, um pouco menos nos USA, os mercados emergentes viraram alvo prioritário das grandes empresas internacionais, mas, a expectativa dos acionistas continua o mesmo de sempre: ter o seu investimento remunerado adequadamente. Quais as montadoras que estão, de fato, conseguindo remunerar adequadamento o seu acionista?

    Post a Reply

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *