Há 50 anos começava a história da Toyota no Brasil com a família Bandeirante

Pick-up Toyota Bandeirante

Os carros da Toyota tinham vocação para trabalho pesado e fama de inquebráveis.

Em novembro de 1962 a montadora japonesa Toyota inaugurava em São Bernardo do Campo, ABC Paulista, sua primeira linha de montagem no Brasil. A família de veículos nada mais era que a lendária série “Bandeirante”, que dispunha dos jipes (com e sem capota) e das pick-ups (com opção de cabine simples ou dupla). Guerreiros, os 4×4 – em sua maioria – tinham fama de inquebráveis e faziam sucesso no trabalho pesado! Até 2001, quando a produção se encerrou, foram fabricados 103.750 unidades – uma das linhas mais longas do país.

Linha de Montagem da Toyota em 1963

A linha de montagem da Toyota em 1963 – nenhum robô!

Lendo o comunicado divulgado pela marca, encontrei fatos bacanas que resolvi compartilhar. Histórias que ficam no tempo. Por exemplo, em 1970, quando a fábrica da vizinha Volkswagen passou por um incêndio, em 1970, a Toyota durante 6 meses assumiu a primeira etapa de pintura do Fusca! Outro dado interessante: a planta industrial brasileira foi a primeira fora do Japão. Pesquisando na internet, descobri que a motorização ofertada na época, de 1962 à 1994 era provida pela Mercedes-Benz. Antes de ter produção própria, em 1958 a marca já montava carros Land Cruiser em regime CKD.

Atualmente a fábrica não produz mais carros. A área ficou dedicada somente a peças, e é em Indaituba que é produzido o sedan Corolla e a linha Etios. Do saudoso Bandeirante eu me recordo claramente dos carros da companhia de energia do Rio (!) e da pick-up que ficava na fazenda de um amigo. Boas lembranças e parabéns à Toyota!

Fonte/Fotos: Toyota | Pesquisa: Wikipedia

PG

Author: PG

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *